15 de jun de 2013

"Só parece"

“Parece que o asfalto vai chegar ao Parque das Estrelas”. Falou a Dona Denilde, moradora de um condomínio que fica na entrada do bairro, ao que respondeu Artur, um garotinho de oito anos – “Só parece”. 

Não faltaram expressões para citar nesse texto. Em pouco mais de meia hora em que parei para observar o movimento das máquinas na rua empoeirada, olhares curiosos de adultos, crianças e transeuntes prenderam minha atenção.

 “Quando isso aqui tiver só o tapete vai ficar muito é perigoso”, observou o morador do outro lado da rua, Moisés. Há 10 anos mora na Rua Santa Teresa, porta de entrada do bairro, e se diz preocupado com o excesso de velocidade que o asfaltamento pode causar à rua onde brincam seus três filhos – Júnior, Daniel e Esaú. A avó das crianças sacudiu a cabeça em sinal de concordância e preocupação.

O asfalto tem grande utilidade, dizem os defensores do progresso. Uma rua asfaltada e nivelada traz mais acessibilidade, abre portas para o comércio, diminui problemas de saúde causados pelo excesso de poeira,porém, essa questão ainda divide opiniões. Isto se deve em grande parte à má qualidade da pavimentação e à negligencia com a drenagem das ruas. Basta uma boa chuva para os problemas imergirem casas à dentro.

O Imperatrizense é desconfiado por natureza, é por isso que a fala do garotinho lá em cima me chamou muito a atenção. “Só parece”, disse Artur demonstrando total desesperança, tão incomum aos seus oito anos.

O Bairro Parque das Estrelas fica localizado entre a Vila Lobão e a avenida Jacob e suas ruas encurvadas e enviesadas marcam a ocupação desordenada do território. O Bairro conta com uma igreja Católica, uma creche anexada à mesma, uma casa lar para idosos e posto de saúde. 




Foto: Amanda Borges

0 comentários:

Postar um comentário

Leu? Gostou? Então Comenta!

Copyright © 2014 Agora Binhí!